CITAÇOES DE D. QUIXOTE VI

– todos os vícios, Sancho, trazem não sei que deleite consigo; mas o da inveja nos traz senão desgostos, rancores e raivas.
– assim, Sancho, não saiam as nossas obras dos limites que nos impõe a religião cristã que professamos: matando gigantes, matemos o orgulho; combatamos a raiva com a generosidade, a ira, com a placidez de um ânimo tranquilo; a gula e o sono, com as curtas refeições e as longas vigílias. A luxúria e a lascívia, com a lealdade que guardamos às que fizemos senhoras de nosso pensamento, a preguiça com o andar por todas as partes do mundo.
– Sancho: senhor, as tristezas não se fizeram para os brutos, e sim para os homens; mas se os homens sentem demasiadamente, embrutecem.