CNJ QUER MAIOR ATENÇÃO À JUSTIÇA DE 1º GRAU

O Corregedor do CNJ, Francisco Falcão, defende a criação de um orçamento específico do Judiciário para a justiça de 1º grau, com o propósito de reaparelhá-lo e o ministro Barbosa informa que é no 1º grau que estão tramitando 90% das 93 milhões de ações que atolam o Judiciário. Os tribunais, segundo o CNJ, já…